O que é o PEI – Projeto Promoção do Empreendedorismo Imigrante?

O PEI – Projeto Promoção do Empreendedorismo Imigrante tem como objetivo fomentar o empreendedorismo junto das comunidades imigrantes, com especial enfoque naquelas que residem em bairros de maior vulnerabilidade.
Apoiar imigrantes na estruturação e implementação de uma ideia de negócio é o objetivo central do PEI (Projeto Promoção do Empreendedorismo Imigrante), uma iniciativa criada pelo ACM (Alto Comissariado para as Migrações). Esta medida tem vindo a ser desenvolvida, em todo o território, desde 2009.
São destinatários do PEI, os cidadãos imigrantes que pretendam estruturar uma ideia de negócio, com vista à sua implementação.
  • Desenvolver uma atitude empreendedora perante a vida, promovendo a autoestima e a confiança em si próprio;
  • Desenvolver competências pessoais, sociais e de gestão empresarial fundamentais para a criação de um negócio;
  • Promover a criação de negócios de forma sustentada;
  • Facilitar a ligação entre os potenciais empreendedores e os programas de apoio ao empreendedorismo já existentes e levados a cabo por diversas entidades;
  • Promover a formalização de negócios já existentes na economia informal.
  • Curso «Apoio à Criação de Negócios», com a duração de 62 horas e desenvolvido ao longo de dez semanas (10 sessões coletivas e 8 sessões individuais). O curso permite orientar o participante na estruturação de uma ideia de negócio e no desenvolvimento de competências empreendedoras. No final de cada curso poderão ser emitidos dois documentos:
    • Certificado de Frequência (CF) que atesta a presença (cumulativa) em pelo menos sete sessões coletivas e duas sessões individuais.
    • Carta de Recomendação (CR) que incide sobre a maturidade da ideia de negócio. Este documento atesta, na perspetiva do formador, que o projeto de negócio em causa reúne condições para poder vir a tornar-se um negócio viável, sendo recomendado o seu desenvolvimento com vista à sua implementação.
  • Consultoria - destinada aos participantes cuja ideia de negócio demonstra reunir condições para se tornar viável, nomeadamente os participantes que receberam CR. Este apoio tem como objetivos: Reestruturar pequenos aspetos da ideia de negócio (quando tal ainda se justifica); Identificar apoios financeiros ou outros; Apoiar na implementação do negócio; Orientar na gestão do negócio entretanto formalizado.
  • As reuniões de consultoria realizam-se em momento posterior ao curso e são, regra geral, individuais. As reuniões de consultoria são dinamizadas pelo formador e efetuam-se mediante solicitação do empreendedor, tendo em conta necessidades específicas.
  • Workshops temáticos, encontros ou outros eventos organizados no âmbito das iniciativas de apoio ao empreendedor migrante, desenvolvidas pelo ACM.
Fase 1 – As entidades promotoras do PEI divulgam a iniciativa junto do público-alvo, bem como junto de entidades-chave no apoio à criação de negócios.
Fase 2 – As entidades promotoras do PEI rececionam as inscrições. (Para as ações desenvolvidas nos CNAI de Lisboa e Porto, os interessados podem manifestar interesse em participar através do preenchimento da ficha de inscrição)
Fase 3 – O técnico da instituição promotora contacta o candidato para realização de uma entrevista individual, ou de um encontro alargado para apresentação do projeto e discussão das expetativas dos candidatos.
Fase 4 – O candidato confirma o interesse em participar no PEI.
Fase 5 – Início do curso «Apoio à Criação de Negócios», que é conduzido, ao longo de 10 semanas, por um formador especializado em criação de negócios.
Fase 6 – Consultoria, após ter terminado o curso, dirigida aos participantes que receberam CR.
As inscrições no PEI efetuam-se junto das entidades abaixo mencionadas, por e-mail, telefone ou presencialmente. Para manifestar o seu interesse, poderá utilizar a ficha de inscrição disponível aqui.
  • Documentos de apoio ao empreendedor
    • O Dossier do Empreendedor (DE) é um instrumento fundamental no curso «Apoio à Criação de Negócios», que permite ao participante conhecer os conceitos e fases associados à criação de um negócio e registar informação relevante para a estruturação da sua ideia de negócio. O DE encontra-se disponível aqui.
       
  • Documentos de apoio ao formador e aos promotores locais
    • O manual Capacitar para o empreendedorismo: Guia de apoio à implementação do projeto “Promoção do Empreendedorismo Imigrante” destina-se a formadores e técnicos/instituições, que pretendam promover o PEI no território onde têm intervenção. Trata-se de um guia de partilha da experiência do PEI, o qual está em execução desde 2009 até ao momento presente, onde se expõem os instrumentos e recursos utilizados, bem como recomendações para promover um projeto desta natureza. Este manual, lançado em dezembro de 2014, encontra-se disponível aqui.

Entidades promotoras do PEI em 2017

• ACM – Alto Comissariado para as Migrações, I.P.

Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes (CNAIM) de Lisboa
Rua Álvaro Coutinho, 14, 1150-025 Lisboa | Telefone: 218 106 100 | E-mail: gaem@acm.gov.pt | Inscrição no PEI

Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes (CNAIM) do Norte 
Av. de França, 316, Edifício Capitólio | Telefone: 222 073 810 | E-mail: gaem@acm.gov.pt | Inscrição no PEI

• Ações desenvolvidas com o apoio do Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração (FAMI):

ADIBER – Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra | Bairro de São Paulo. Apartado 12, 3330-304 Góis | T. 235 772 538 | E-mail: geral@adiber.pt

AERLIS – Associação Empresarial da Região de Lisboa | Rua São Salvador da Baía, Edifício AERLIS, 2780-017 Oeiras | T. 210 105 000 | E-mail: aerlisoeiras@aerlis.pt

ATLAS – Cooperativa Cultural, CRL | Delegação do Porto. Rua Bonjardim nº618 – 2º Dir. 4000-118 Porto | T. 222 083 409 | E-mail: atlascoop.apoioaformacao@gmail.com

COFAC – COOPERATIVA DE FORMAÇÃO E ANIMAÇÃO CULTURAL, CRL | Avenida do Campo Grande, 376, 1749 Lisboa | T. 217 515 500 | E-mail: josepaulo.oliveira@olae.pt

ECG – Cooperativa Cultural CRL | Rua do Raio, 301 - Edifício Rechicho, 2.º - Salas 3 e 17C, 4710-923 Braga | T. 253 086 210 | E-mail: info@ecgcoop.org

Município de Alcanena | Divisão de Desenvolvimento Humano e Social. Praça 8 de Maio, 2380-061 Alcanena | T. 249 889 010 | E-mail: isabel@cm-alcanena.pt

Município de Sintra | Largo Dr. Virgílio Horta 2714-501 Sintra | T. 219 238 807 | E-mail: gria@cm-sintra.pt

Município de Viana do Castelo | Passeio das Mordomas da Romaria 4904-877 Viana do Castelo | T. 258 809 300 | E-mail: lserra@cm-viana-castelo.pt

RUMO, Cooperativa de Solidariedade Social, Crl | Rua 19, nº 13, Parque Empresarial Baía Tejo (CP5063) 2831-904 Barreiro | T. 212 064 920 | E-mail: geral@rumo.org.pt

Santa Casa da Misericórdia de Almada | R. Dom José de Mascarenhas 40, 2800-119 Almada | T. 210 113 800 | E-mail: tjmatos@scma.pt

Santa Casa da Misericórdia de Vila Flor | Largo do Rossio nº 11, 5360-323 Vila Flor | T. 278 518 070 | E-mail: scm-vila.flor@mail.telepac.pt

SYAJ – Associação Juvenil SYnergia | Avenida Central, nº 27 a 33, 2º piso, Centro Comercial Avenida 4710-288 Braga | T. 253 299 230 | E-mail: gap.synergia@gmail.com

Sim.
Em 2014, concluiu-se um processo de avaliação ao PEI, o qual incidiu sobre o período 2009-2013. Esta avaliação, realizada pelo Centro de Estudos e Desenvolvimento Regional e Urbano (CEDRU), teve como objetivos analisar o impacto e resultados do projeto e averiguar de que forma o PEI se comporta enquanto medida de apoio à integração de imigrantes no mercado de trabalho.
Para mais informações consulte:
Estudo de Avaliação de Impacto e Resultados do PEI AQUI.  
Sim, através do Upgrade do PEI – PEI 2.0.
Pela experiência vivenciada ao longo dos últimos seis anos, mas também pelas conclusões que resultam do Estudo de Avaliação de Impacto e Resultados do Projeto Promoção do Empreendedorismo Imigrante, o PEI demonstra ser capaz de responder a outros públicos para além daqueles que pareciam ser o seu alvo inicial, recomendando-se o seu alargamento a outras realidades. O PEI é considerado uma ferramenta maleável com capacidade de se adaptar a outros públicos uma vez que aborda áreas transversais a qualquer ideia de negócio ou pessoa, motivo pelo qual o GAEM pondera realizar ações destinadas a públicos específicos.
A partir da experiência do PEI, realizou-se já em 2015, no Centro Nacional de Apoio ao Imigrante (CNAI), em Lisboa, o Projeto de Empreendedorismo Para Estudantes Internacionais (PEPEI).
Sim.
O GAEM apoia instituições e formadores na implementação do PEI. O apoio é realizado em diversos níveis: Orientações na execução do projeto; Participação em atividades; Informação sobre utilização dos instrumentos e divulgação das ações.
Para apoiar à implementação do PEI está disponível o manual «Capacitar para o Empreendedorismo: Guia de apoio à implementação do Projeto promoção do Empreendedorismo Imigrante» disponível aqui.
Para mais informações acerca de como participar no PEI ou sobre como implementar o projeto contacte a equipa de coordenação:
Telefone: 21 810 61 00
Fax: 21 810 61 17
 

Saiba mais Saiba mais

Projeto ABACO

O ACM foi o parceiro português do projeto europeu ABACO, entre Outubro de 2009 e Julho de 2011, com financiamento comunitário.

Este projeto, com parceiros de 6 países (Portugal, Espanha, Itália, Suíça, Grécia e Holanda), debruça-se na discussão e definição de materiais de sensibilização para a gestão financeira de agregados familiares imigrantes e empreendedores imigrantes (mais em http://www.abaco-project.eu/). Os materiais desenvolvidos e disseminados em Portugal, através do Programa Escolhas e do PEI, encontram-se disponíveis aqui:

Newsletter 1 (nov./2009)

Newsletter 2 (set./2010)

Manual do Formando – Para onde vai o dinheiro?

Manual do Formador – Gestão do dinheiro

Manual de Formação – Gestão do dinheiro numa microempresa

Agenda

Brochura

Contactos Contactos

Linha de Apoio a Migrantes
808 257 257 (a partir da rede fixa)
21 810 61 91 (a partir de rede móvel e para quem efetua a ligação do estrangeiro)
 

CNAIM - Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes

CNAIM Lisboa

Rua Álvaro Coutinho, 14
1150 - 025 Lisboa
Fax: 21 810 61 17
WebSite: http://www.acm.gov.pt/  
E-mail: informacoes@acm.gov.pt

Horários:
De 2.ª a 6.ª das 8h00 às 17h00
Nota: Devido ao número de utentes do Centro pode haver limitações de senhas para determinados serviços.

Transportes
Metro: Linha verde, estação "Anjos" ou "Intendente"
Autocarros Carris: 712, 730, 726, 708

Latitude: 38.72492748292166 ou 38º 43' 30'' N
Longitude: -9.134284257888794 ou 9º 8' 3'' W
 

CNAIM Norte
Av. de França, 316
Edifício Capitólio
4050-276 Porto

Tel: 22 207 38 10
Fax: 22 207 38 17
Endereço eletrónico: informacoes@acm.gov.pt

Horários
De 2.ª a 6.ª das 8h00 às 17h00
Nota: Devido ao número de utentes do Centro pode haver limitações de senhas para determinados serviços.

Transportes
Metro: estação “Casa da Música"
 

CNAIM Algarve
Loja do Cidadão
Mercado Municipal, 1.º Piso
Largo Dr. Francisco Sá Carneiro
8000-151 Faro
Endereço eletrónico: informacoes@acm.gov.pt

Horários:
2.ª a 6.ª, das 8h30 às 17h00

Transportes
Minibus (circuito 3) da Câmara Municipal


Alto Comissariado para as Migrações- ACM, I.P. (Sede)
R. Álvaro Coutinho, 14
1150 - 025 Lisboa
Tel: 218106100
Fax: 218106117
acm@acm.gov.pt
 

Atenção Atenção

As informações apresentadas são de caráter meramente indicativo, tendo como principal finalidade disponibilizar orientação genérica, sem qualquer propósito de exaustividade, não dispensando, em qualquer caso, a consulta junto das entidades competentes e o recurso a aconselhamento profissional no âmbito das temáticas que dela são objeto.

Formulário da Web Formulário da Web

Olá, em que posso ajudar?

Deixe um email com a sua questão ou contacte 808 257 257 / (+351) 218 106 191, das 9:00h às 19:00h, de segunda a sexta.

Este campo é obrigatório.
Este campo é obrigatório.
Este campo é obrigatório.

Linha de Apoio ao Migrante

A linha funciona de segunda a sexta das 9:00h às 19:00h. Saiba mais

Ativado por Liferay

Fechar popup

Bem-vindo ao novo portal do Alto Comissariado para as Migrações

Procuramos reunir aqui um conjunto de informação essencial e de interesse para os migrantes. No entanto, sabemos que este é um trabalho contínuo que nunca está terminado.

Contamos consigo para tornar este site mais completo. Se souber de alguma informação que deva ser adicionada ou corrigida, entre em contacto connosco através do acm@acm.gov.pt.