Programa Mentores para Migrantes

O apoio de voluntários portugueses que residem no país a emigrantes portugueses que pretendem regressar pode fazer toda a diferença na construção de um novo projeto profissional e de vida. Assim nasceu o Programa Mentores para Migrantes, que pretende encontrar o mentor certo para ajudar a responder a uma necessidade específica (ou mais do que uma) de cada português que pretende regressar ao seu país. Ao ser apoiado, acompanhado e orientado, o mentorado terá mais facilidade em ultrapassar as dificuldades e preocupações que, quando enfrentadas sozinho, dificultam a reintegração e a iniciativa em Portugal. Ao apoiar, acompanhar e orientar, o mentor está a desenvolver novas competências pessoais, a colocar a sua experiência ao serviço do outro e a viver uma experiência de cidadania mais ativa e enriquecedora.

 

Como funciona?

O Programa Mentores para Migrantes é um ponto de encontro entre portugueses: mentores que vivem em Portugal e mentorados que querem regressar ao seu país.
 
 Estou em Portugal, tenho  competências que podem      ser úteis e quero ajudar
 
Mentores para Migrantes
 
 Estou fora de Portugal,          quero regressar e ter um        mentor para me ajudar
 Bolsa de Mentores  residentes
 Portugueses residentes que  se voluntariam para orientar  alguém que pode beneficiar  das competências pessoais e  da  sua experiência de vida e  profissional.
 
 
Ponto de encontro entre Mentores e Mentorados
 
 Bolsa de Mentorados não  residentes
 Portugueses não residentes  que querem regressar, que  têm uma dificuldade ou  desafio para ultrapassar e  gostariam de ser orientados  por um voluntário.
 
 
Cerca de 600 mentores disponíveis…
Promovida pelo Alto Comissariado para as Migrações, IP, esta iniciativa decorre de um programa que visa promover o encontro entre voluntários portugueses e cidadãos imigrantes a residir em Portugal, que está já implementado por todo o país através de um conjunto de parceiros locais.
A avaliação muito positiva feita para o apoio dos imigrantes que residem em Portugal, a crescente mobilidade dos portugueses pelo mundo e o alargamento das atribuições do Alto Comissariado para as Migrações, IP aos cidadãos emigrantes levaram à natural ampliação do programa.
Esta maior abrangência, vem alargar o âmbito do Programa Mentores para Migrantes (imigrantes e emigrantes), alargamento que está, aliás, previsto no Plano Estratégico para as Migrações (PEM) 2015-2020, Eixo V, medida Nº 102.
 
Mentorado
É emigrante? Quer regressar? Encontre um mentor pronto a apoiar.
Um mentor não é alguém que resolve os problemas por si nem que tem soluções para as suas necessidades. Um mentor é um voluntário disposto a apoiar e comprometido a orientá-lo para que consiga resolver os seus problemas e encontrar as soluções que melhor respondem às suas necessidades.
Ter um mentor é encontrar alguém que:
- estabelece um compromisso social, durante um período mínimo de três meses;
- realiza reuniões quinzenais consigo através de um suporte online escolhido entre os dois;
- o apoia na resolução de uma ou mais necessidades previamente identificadas.
 
Que tipo de apoio esperar?
Os mentores são voluntários provenientes das mais diversas áreas profissionais, com experiências pessoais igualmente variadas e disponibilizam-se a partir de diversas regiões do país. Esta diversidade permite encontrar o apoio mais adequado à realidade de cada mentorado, seja ele alguém com uma ideia inovadora que precisa de orientação para desenvolver um plano de negócio, que quer melhorar o seu curriculum para poder candidatar-se a novos desafios ou que pretende encontrar a faculdade e o curso certo para estudar em Portugal.
 
Como participar?

1. Inscrevo-me através de registo em Programa Mentores para Migrantes (https://mentores.acm.gov.pt) no campo “É migrante?”, selecionando uma das entidades parceiras no concelho/região para a qual pretendo regressar.

2. Faço uma entrevista online com a equipa deste Programa para o compreender melhor e explicar o que me levou a inscrever.

3. É-me atribuído um voluntário, ou seja, um mentor.

4. Juntos, definimos e assumimos um compromisso (o que pretendemos atingir, em quanto tempo, etc.)

5. Comunico com o meu mentor para avançar e alcançar o compromisso assumido.

6. Avaliamos o processo em conjunto.

 
Mentor
Quer ajudar? Voluntarie-se e apoie quem quer regressar.
Um mentor é um voluntário disposto a colocar as suas competências pessoais e a sua experiência pessoal e de vida à disposição de um português que reside num país estrangeiro e está decidido a regressar. É alguém que se compromete a orientar e apoiar o seu mentorado para que ele possa encontrar as soluções mais adequadas à construção do seu novo projeto pessoal e profissional em Portugal.
Um mentor é alguém que:

1. estabelece um compromisso social, durante um período mínimo de três meses;

2. realiza reuniões quinzenais com o mentorado através de um suporte online escolhido entre os dois;

3. apoia na resolução de uma ou mais necessidades previamente identificadas.

 
Que tipo de apoio pode prestar?
Pense nas suas competências pessoais e profissionais e identifique as que podem ser úteis a um português emigrado que, embora decidido a regressar, está afastado da realidade portuguesa. As necessidades que sentirá podem ser as mais variadas, desde orientação para desenvolver um plano que o ajude a abrir um novo negócio à ajuda para melhorar um curriculum, passando pelo apoio para analisar um contrato de arrendamento.
Se tem competências pessoais e profissionais que podem ser úteis neste projeto e está disposto a ajudar, basta registar-se.
 
Como participar?

1. Registo-me em Programa Mentores para Migrantes (https://mentores.acm.gov.pt), preenchendo o formulário e selecionando uma das entidades parceiras disponíveis no concelho que escolhi.

2. Vou a uma reunião com a equipa do projeto Mentores para Migrantes, que ajudará a definir o meu perfil de mentor e a identificar interesses, motivações e competências.

3. A equipa identificará quem é o mentorado que vou acompanhar.

4. Faço uma reunião online com o mentorado para estabelecer o compromisso e identificar necessidades, objetivos e resultados a atingir, a forma como vamos comunicar e reunir à distância.

5. Decorre o processo de mentoria.

6. Monitorizamos o processo e fazemos uma avaliação final.

 


Linha de Apoio a Migrantes
808 257 257 (a partir da rede fixa)
21 810 61 91 (a partir de rede móvel e para quem efetua a ligação do estrangeiro)
 

CNAIM - Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes

CNAIM Lisboa

Rua Álvaro Coutinho, 14
1150 - 025 Lisboa
Fax: 21 810 61 17
WebSite: http://www.acm.gov.pt/  
E-mail: informacoes@acm.gov.pt

Horários:
De 2.ª a 6.ª das 8h00 às 17h00
Nota: Devido ao número de utentes do Centro pode haver limitações de senhas para determinados serviços.

Transportes
Metro: Linha verde, estação "Anjos" ou "Intendente"
Autocarros Carris: 712, 730, 726, 708

Latitude: 38.72492748292166 ou 38º 43' 30'' N
Longitude: -9.134284257888794 ou 9º 8' 3'' W
 

CNAIM Norte
Av. de França, 316
Edifício Capitólio
4050-276 Porto

Tel: 22 207 38 10
Fax: 22 207 38 17
Endereço eletrónico: informacoes@acm.gov.pt

Horários
De 2.ª a 6.ª das 8h00 às 17h00
Nota: Devido ao número de utentes do Centro pode haver limitações de senhas para determinados serviços.

Transportes
Metro: estação “Casa da Música"
 

CNAIM Algarve
Loja do Cidadão
Mercado Municipal, 1.º Piso
Largo Dr. Francisco Sá Carneiro
8000-151 Faro
Endereço eletrónico: informacoes@acm.gov.pt

Horários:
2.ª a 6.ª, das 8h30 às 17h00

Transportes
Minibus (circuito 3) da Câmara Municipal


Alto Comissariado para as Migrações- ACM, I.P. (Sede)
R. Álvaro Coutinho, 14
1150 - 025 Lisboa
Tel: 218106100
Fax: 218106117
acm@acm.gov.pt
 

Migrant Support Line

This hotline is working from Monday to Friday between 9:00 am and 7:00 pm. Get more information here.

Powered By Liferay

Fechar popup

Bem-vindo ao novo portal do Alto Comissariado para as Migrações

Procuramos reunir aqui um conjunto de informação essencial e de interesse para os migrantes. No entanto, sabemos que este é um trabalho contínuo que nunca está terminado.

Contamos consigo para tornar este site mais completo. Se souber de alguma informação que deva ser adicionada ou corrigida, entre em contacto connosco através do acm@acm.gov.pt.